• Childlamb

Carne de Borrego é essencial em todas as etapas do crescimento e desenvolvimento humano

Ingrediente presente nas cozinhas de todo o mundo, a carne de borrego é uma excelente fonte de nutrientes, sendo especialmente «rica em ferro, vitaminas, minerais e proteínas de alta qualidade, assumindo-se como um componente fundamental de uma dieta saudável», garante Ana Pinto, nutricionista. Essas características tornam esta carne «um elemento obrigatório em todas as etapas do crescimento e desenvolvimento do ser humano», assegura a especialista.


A sua composição inclui «gorduras saturadas e monoinsaturadas, contém também gorduras trans, que são consideradas benéficas para a saúde».


Período Pré-Natal


«A alimentação da mãe afeta diretamente o crescimento e saúde do bebé», nesse sentido, a «carne de borrego é fonte de ferro. O seu consumo ajuda a evitar quadros de anemia, facilita o transporte de oxigénio para os tecidos, sendo o armazenamento desse mineral importante para os primeiros meses de vida».


1.ª Infância – Dos 0 aos 3anos


Nesta fase, «o leite materno é fundamental para a saúde das crianças, já que é um alimento completo e que garante a qualidade e quantidade ideal de nutrientes para o bebé. É nesta altura que é essencial que a mãe se alimente de forma saudável, sendo por isso importante a ingestão de carne de borrego para garantir o devido aporte nutricional», alerta Ana Pinto. Também para o bebé, esta carne é fundamental, «podendo ser introduzida a partir dos 6 meses», explica a especialista.


2.ª Infância – Dos 3 aos 6 anos


«É um período crucial para o crescimento das crianças. Nesse sentido, a ingestão de carne vermelha saudável como a de borrego, que é rica em vitamina B3 que permite o crescimento e o desenvolvimento saudável é essencial. O fósforo presente também é um mineral importante para a saúde dos ossos e dentes, contribuindo para o bom funcionamento do sistema imunológico».


3.ª Infância – Dos 6 aos 11 anos


«Dá-se uma diminuição do crescimento físico, mas é uma das fases mais importante em termos do reforço da saúde. Assim, aconselha-se o consumo de carne de borrego que, sendo rica em proteínas, favorece o crescimento e a reparação dos músculos, ossos e pele, além de ser uma boa de fonte de energia», afirma Ana Pinto. «O fósforo é importante para a saúde de ossos e dentes, e contribui também para reforço das defesas do organismo. Por sua vez, as vitaminas do complexo B existentes na carne de borrego, como a vitamina B12, estimulam a memória».


Adolescência – Dos 11 aos 20 anos


«É, por excelência, uma das fases de crescimento mais exigentes em termos energéticos e nutricionais, já que se caracteriza por um desenvolvimento físico acelerado, acompanhado da maturidade reprodutiva e mental», contextualiza a especialista. É importante incutir-lhes a «necessidade de reforçar o aporte de vitaminas A, E e B6, ácido fólico, cálcio, ferro e zinco. E uma das melhores formas de o fazer é incluir a carne de borrego na dieta. O ferro assegura o bom crescimento de músculos, ossos e pele, bem como o transporte de oxigénio no sangue, reforçando ainda o sistema imunitário no seu todo».


Vida Adulta – Dos 20 aos 64 anos


«Ao longo da fase adulta, podem registar-se mudanças significativas nas condições físicas, pelo que é essencial manter uma dieta saudável. Podendo a carne de borrego ter aí um papel importantíssimo, já que possibilita um excelente aporte de vitamina B12, que é essencial para prevenir o risco de doença cardiovascular. O zinco também é importante para a função do sistema imunitário e reprodutivo».


Vida Adulta Tardia – A partir dos 65


«Neste período é natural que exista um declínio tanto a nível mental como das capacidades físicas. Os idosos costumam apresentar falta de apetite e baixo consumo de alimentos, dificuldades de mastigação, deglutição, digestão e perda muscular, devido ao sedentarismo e à falta de ingestão de proteína.» enumera Ana Pinto. «Perante esse cenário, mais uma vez, a ingestão de carne de borrego pode ajudar, pois, sendo rica em proteína e nutrientes previne e diminui a probabilidade de diagnósticos de anemia, doenças mentais, depressões, decréscimo de massa muscular, diminuição de ferro e do transporte de oxigénio no organismo».



Leia o artigo completo aqui: https://observador.pt/2020/01/09/sabe-porque-deve-comer-carne-de-borrego/

. CONTACTOS .

LÍDER DO CONSÓRCIO: CONSULAI

Rua da Junqueira, 61 G - Piso 1

1300-307 Lisboa

Para mais informações: www.consulai.com

Projeto cofinanciado por:

Logotipos_Barra_PDR_PT2020_FEADER.png